Divulgada hoje, a pesquisa XP/IPESPE mostra o aumento consecutivo da preferência por Lula e da rejeição a Jair. Ela foi realizada entre 11 e 14 de agosto, e foram feitas mil entrevistas em âmbito nacional. A margem de erro é de 3,2 pontos percentuais. 

O perfil da amostra: a maioria dos entrevistados é da região Sudeste (43%); 65% trabalham; 37% ganham até R$ 2.200,00, e 35% ganham até R$ 5.500,00; 42% têm o Ensino Médio.   

Vamos a mais detalhes:

  • No levantamento de agosto, Lula tem 2 pontos percentuais a mais que na pesquisa anterior; Bolsonaro tem 2 pontos percentuais a menos. O cenário é: Lula 40%  X Bolsonaro 24%. O ex-presidente tem 16 pontos percentuais a mais que Jair 
  • Lula repete a tendência de alta – ele tinha 25% em março, agora, cinco meses depois, tem 40%.
  • Ciro Gomes (10%), Sérgio Moro (9%), Mandetta e Eduardo Leite (4%). 
  • Lula mantém tendência no levantamento espontâneo (quando o nome dos candidatos não é apresentado ao entrevistado). O ex-presidente tem  28% (passou de 25% para 28%). Bolsonaro estacionou em 22%. Não sabem/não responderam: 33%; Branco/nulo/nenhum: 11%; Outros: 6%
  • Avaliação negativa do governo Bolsonaro atinge 54%; ótimo/bom está em queda, mas percentual ainda é de 23%
  • Desaprovação à administração Bolsonaro se mantém em 63%, e aumenta a expectativa negativa para o restante do mandato
  • Percepção de que o noticiário é negativo para o governo recua 4 pontos percentuais e volta ao patamar de 56% 
  • 46% acham que corrupção vai aumentar nos próximos seis meses
  • piora a percepção sobre a economia no país: 63% acham que a economia no Brasil está no caminho errado
  • Lula ampliou vantagem sobre Bolsonaro no segundo turno. O ex-presidente petista oscilou 2 pontos para mais, e Bolsonaro, 3 para menos. Cenário de segundo turno:  Lula 51% X 32% Bolsonaro. 
  • 61% não votam em Bolsonaro de jeito nenhum
  • O interesse em relação às eleições de 2022 está em alta: 49% dos brasileiros dizem estar muito interessados na eleição 

OBSERVAÇÕES:

1. Os percentuais da pesquisa espontânea estão dados sem nenhum movimento “performático” de Lula – comício, programas em TV(horário eleitoral), sobretudo sem que a mídia corporativa fale dele. Lula não aparece na Globo… 

2. Lula vence em todas as simulações fictícias de segundo turno com outros candidatos – sem Bolsonaro no páreo:

Lula 49% X Moro 34%

Lula 49% X Ciro 31% 

Lula 51% X Eduardo Leite 22%

3. A rejeição de Bolsonaro cresce à medida que cai a de Lula; e a intenção de votos segue a mesma tendência

4. É a quinta pesquisa consecutiva em que Lula mantém a tendência de subida – foram 15 pontos percentuais de março a agosto

5. A rejeição a Bolsonaro está mantendo a tendência de subida num cenário em que mais da metade da população apoia a CPI da Covid, que ainda não encerrou os trabalhos, e em que 59% acham que a atuação de Jair para enfrentar a pandemia é péssima.

6. É interessante o posicionamento em relação ao impeachment, mesmo com a desaprovação alta: 50% querem o impeachment, 46% são contrários